terça-feira, 16 de novembro de 2010

Peixes - Sinastria Amorosa



Homem – Peixes                                     Mulher - Sagitário
Água – Mutável - Negativo                      Fogo - Mutável - Positivo
Símbolo – os Peixes                               Símbolo – o Arqueiro
Regido por Netuno                                 Regido por Júpiter
Forças - Noturnas - Femininas                Forças - Diurnas Positivas

Há todo um sortimento de surpresas que uma sagitariana apaixonada por um pisciano deve preparar-se para receber, em ocasiões variadas do relacionamento dos dois. A principio, ela não se incomodará muito e até achará excitante, em especial se os mutáveis empreendimentos do parceiro envolverem uma boa dose de viagens. Ela teve um caso incurável de “ânsia perambulativa” aos 14 anos mais ou menos, idade em que o arqueiro típico, de ambos os sexos, abandona o lar. Assim, no começo, ela arrumará suas malas alegremente e, cheia de otimismo, trotará ao lado dele, enquanto o pisciano acompanha todos aqueles desfiles circenses, trocando os tambores por um clarinete ou desistindo de seu consultório odontológico para tornar-se programador de computação. No começo, tudo irá bem.


Mais tarde...bem mais tarde, ela poderá bater o pé com força, irritada. Encarando-o fixamente, ele dirá algo diplomático, como: “Escute aqui, vagabundo! Estou farta de bancar a cigana ao seu lado! Você trocou de carreira tantas vezes, que já nem lembro se foi candidato ao Congresso, se abriu uma casa de chá japonesa ou vendeu óculos de sol. Se não tomar jeito e para com suas andanças, irei saber quanto me oferecem por você no Zoológico.

Após alguns disparos verbais nesse teor, o sensível pisciano literalmente se desmaterializará com o choque. De um modo ou de outro, ele desaparecerá. Da próxima vez que a sagitariana vir seu rosto talvez seja no jornal, ao ser eleito congressista, posando ao lado da nova namorada, como uma sutil indicação à sagitariana de que pretende pedir o divórcio.

Naturalmente, nem toda mulher sagitariana é de franqueza tão brutal como esta do nosso exemplo. Algumas arqueiras são tipo mais quietas, de fala mais suave e muito menos expressiva, mas ainda assim, podem mostrar-se inesperadamente francas, às vezes, e jamais ganhariam o Primeiro Prêmio pela Diplomacia e Tato. A questão é que a jovem sagitariana, ao amar impulsiva e ardentemente um pisciano, precisa suavizar sua abordagem. Do contrário, poderá, por descuido e sem querer, despedaçar-lhe o espírito e o coração, para não falarmos na perda da rara espécie de afeição e dedicação desse homem. Quanto a ele, precisará não ser tão sensível a ponto de pestanejar a cada vez que a sagitariana falar a verdade. Ela não pode conter seu ímpeto de ser honesta e, em geral, está armada com a melhor das intenções. Ele terá de explicar-lhe, ternamente, o quanto isso o magoa.

A mulher Sagitário e o homem Peixes devem esperar uma dose de tensão, originada dos conflitos ocasionais de suas personalidades divergentes. A tendência dele à auto piedade e a dela à premeditação, evidentemente dificultam o confronto de seus respectivos desafios, intensificando os problemas existentes. Não é provável, contudo, que o ciúme e a possessividade sejam um fator importante de descontentamento entre Peixes e sagitário, porque nenhum dos dois é realmente possessivo por natureza e ambos apreciam demais a própria independência para um nega-la ao outro ( a menos que o Ascendente ou Signo Lunar criem problemas nesta área).

Sexualmente, o pisciano que quizer alcançar a harmonia física com a sagitariana deverá fazer um esforço consciente para ser menos passivo e casual, e sim, mais ativo e entusiasta. No entanto, a mesma influência o torna um amante terno e intuitivo para esta mulher...gentil e imaginativo. Ela precisará estar atenta aos sentimentos do pisciano, procurando ser menos impulsiva e direta em seu palavreado. Do contrário, suas emoções ardentes poderiam desestimular a confiança dele na aptidão para satisfazê-la. De qualquer modo, tensões e conflitos emocionais freqüentes, embora estimulem a sagitariana, congelarão o desejo do pisciano da mesma forma como uma falta de retribuição entusiasta ou a sensação de ser ignorada poderão congelar o desejo dela.

Não obstante, se eles se amarem o suficiente, a mulher sagitariana e seu pisciano podem encontrar um meio para a solução de suas diferenças. Ela precisará tentar agir com mais tato, ser mais considerada e gentil, sem sacrifício da integridade e independência do elemento Fogo de sua natureza. Ele precisará tentar ser um pouco mais aberto, direto e expressivo, sem sacrifício da privacidade e tranqüilidade íntima do elemento Água de sua natureza. Então, cada um poderá refletir o astro do outro, ao mesmo tempo permanecendo eles próprios.

Bibliografia consultada - Os Astros comandam o Amor – Linda Goodman


Mulher – Peixes                                   Homem - Capricórnio
Água – Mutável - Negativo                   Terra – Cardinal - Negativo
Símbolo – os Peixes                            Símbolo – a Cabra
Regido por Netuno                               Regido por Saturno
Forças - Noturnas - Femininas              Forças - Noturnas - Femininas

A mulher Peixes se ressentirá menos do que outras mulheres no tocante às atitudes de seu homem capricórnio. Ela é bastante tolerante e sensível para compreender que o próprio instinto que cria sua inflexibilidade também gera nele as qualidades que a atraem. Da mesma fonte brotam o senso protetor da Cabra e sua confiabilidade, sua gentileza para com ela, bem como uma inabalável lealdade e dedicação àqueles a quem ele ama. A estabilidade do capricorniano acalma o espírito inquieto da pisciana. A confiança deste homem lhe suaviza as próprias incertezas. Ela fica tocada por aquelas maneiras formais, comovida pela solidão que paira acima dele. Consegue enxergar por trás daquela armadura defensiva de inflexibilidade e severidade, desvendando a tristeza e ânsia que ele tenta ocultar. De um modo maravilhoso, a mulher guiada por Netuno pode perceber que somente um grande coração permitiria a um homem estipular tão difíceis objetivos para si mesmo, que somente uma grande força e determinação aspirariam ao autodomínio que homem regido por Saturno s empenha em alcançar. As fases depressivas e os silêncios dele não a perturbam como perturbariam outra mulher. Em vez disto, a pisciana sente seu amor por ele crescer quando desafiada a descobrir maneiras de sorrir e de alegrá-lo para que o mau humor o abandone. Ela usa uma suavidade toda própria...aceita graciosamente a natureza saturnina do homem amado...e sente visível respeito pelas qualidades dele (que quase sempre excedem as da maioria de outros homens)

Assim como em todas as combinações de Terra e Água, o amor físico entre a jovem de Peixes e o homem de Capricórnio pode ser uma experiência enriquecedora para ambos. De certa forma, o capricorniano se sente revitalizado após a culminância da união sexual com a mulher Peixes em que aprendeu a confiar. O repentino senso de felicidade após aquela intimidade partilhada torna-se evidente na delicadeza de maneiras deste homem, no brilho visível de seus olhos, como se ele acabasse de redescobrir a inocência e o prazer, sem estar sobrecarregado pela preocupação e senso de culpa. Ela também fica feliz porque a felicidade para a pisciana é sempre definida pela dose de felicidade que pode propiciar aos outros. O silêncio é geralmente o fundamento do ato amoroso entre Peixes e Capricórnio – um silêncio eloqüente, feito de compreensão e de uma profundidade de sentimentos que dificilmente poderiam ser expressos em palavras. Estes dois se alcançam com uma espécie de certeza natural e integral, fazendo com que seus corpos e mentes se fundam em uma plácida canção de paz, alegria e quieta imobilidade.

A área mais comum de tensão entre apaixonados Peixes e Capricórnio (ou casados) será a tendência dela á sensibilidade e a tendência dele à insensibilidade. Ela talvez o ache frio e pouco compreensivo, enquanto ele poderá acha-la demasiado esquiva, reservada e emocionalmente vulnerável, o que o deixa nervoso e apreensivo, receando por ele próprio por temer magoar os sentimentos da parceira. Os dois terão que resolver tais conflitos assim que surgirem, não permitindo que se desenvolvam como uma barreira capaz de provocar a gradual abstenção de uma sincera discussão entre eles. Isto porque, quando fica frustrado, o pisciano com freqüência sente a tentação das drogas, álcool ou devaneios, ou então prefere a fuga mais direta do divórcio. E, quando a Cabra se sente perplexa demais, pode ser tentada a uma obstinada e gélida desaprovação, cruelmente aparente em seus atos e palavras, desta forma apenas piorando a situação.
Muitas áreas dos problemas emocionais destes dois poderão ser esclarecidos pela posição da Lua e do Ascendente em seus respectivos horóscopos.

Bibliografia consultada - Os Astros comandam o Amor – Linda Goodman

Homem – Peixes                                       Mulher - Capricórnio
Água – Mutável - Negativo                        Terra – Cardinal - Negativo
Símbolo – os Peixes                                  Símbolo – a Cabra
Forças Noturnas - Femininas                     Forças Noturnas - Femininas

Embora a mulher capricórnio possa ser caladamente possessiva, indicando sua desaprovação de maneira inconfundível por um olhar gélido e uma recusa em comunicar-se, não é provável que ela submeta seu pisciano a cenas emocionais er tempestuosas de irado e lacrimoso ciúme, ao que ele será grato, ausentando-se cada vez com menos freqüência, até ficar quase tão enraizado como ela (Raízes são o que ele de fato procura, embora não saiba disso). Nesse sentido, a liberdade de que necessitam, é raro vagarem por muito longe e quase sempre são amantes fieis e maridos leais. Entretanto, se sua liberdade for sufocada, eles se sentirão nervosos e inquietos, começarão a esquivar-se e deslizar para fora da garra do ciúme infundado, até se tornarem os invonlutários canais que provam a sabedoria da antiga regra: uma pessoa se torna aquilo que a pessoa amada espera e acredita que ele seja.

A moral da história é que a maneira mais rápida de levar um homem Peixes á infidelidade é esperar que ele seja infiel e deixa-lo saber de suas suspeitas da pessoa amada; ao passo que a maneira mais segura de garantir sua lealdade é confiar plenamente em sua integridade, deixa-lo saber que seu amor e seu apoio são necessários e apreciados. Mais do que os outros homens pertencentes aos outros signos solares (excetuando-se, talvez Gêmeos e Sagitário), este homem é bastante vulnerável à idéia de que confiam inteiramente nele. De certo modo, isto o faz envergonhar-se de trair essa confiança. No entanto, (também como Gêmeos e Sagitário), se ele tiver dúvidas, a dúvida em si (embora ele não perceba de modo consciente) enfraquece sua vontade, ao mesmo tempo em que reforça o lado mais sombrio de sua natureza curiosa, criando o pretexto necessário para uma inclinação pelas experiências variadas e múltiplas.

Ninguém, homem ou mulher, quer realmente ser infiel ao amor. A infidelidade traz, de um modo inevitável, apenas a dor aguda da culpa e de emoções emaranhadas, nunca a alegria. Contudo, alguns homens precisam de um desafio de constantes mudanças, de formas variadas de excitamento (não necessariamente sexual) porque, do contrario, ficam entediados e deprimidos ao extremo. A capricorniana prudente que amar um Peixes compreenderá isto e proporcionará a ele tanta vivacidade, animação e surpresas inesperadas, dentro do relacionamento de ambos, que o pisciano encontrará aí o interesse caleidoscópico de que necessita – ao lado dela. No fundo do coração, é realmente por isto que ele tanto anseia.

Pode parecer estranho, mas existe muito de prático no modo como o pisciano e a capricorniana abordam seu relacionamento sexual. A princípio, ela poderá mostrar-se bastante acanhada – mas por “a principio” estou querendo dizer antes que ela tenho sido acarinhada por um homem, antes de receber seu primeiro beijo de boa noite. Uma vez iniciada, esta mulher não é do tipo que se mostra esquiva ou se apega a jogos românticos. Sua expressão sexual é tão direta como tudo o mais sobre ela, e, naturalmente, também pratico como tudo o mais. No tocante ao pisciano, como qualquer regido por Netuno, ele é absolutamente à prova de choques em todas as coisas, incluindo-se a área de sua própria experiência em fazer amor. Além dessas qualidades mútuas e individuais do nativo de Peixes e Cabra, existe o fato de que os elementos Terra e Água estão representados em sua paixão, o que acrescenta profundidade e imaginação à sua união sexual. Assim, a fusão física de ambos será uma redescoberta multifacetada de si mesmos, em especial se houver uma única ou dupla conjunção, um sextil ou trígono entre o Sol e a Lua, em seus respectivos Mapas Natais.

Bibliografia consultada - Os Astros comandam o Amor – Linda Goodman

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir